Cada um de nós ocupa um espaço no mundo. Cada um, com seu modo de ser, de pensar e agir, com as suas experiências, sua singularidade. Queremos, então, falar um pouco sobre a importância das diversas maneiras de ser, pensar e agir no ambiente de trabalho, e como as empresas podem adotar medidas para obter um ambiente de trabalho plural e inclusivo.

Por Thaisa Martins Lourenço, para o Instituto Aurora

Quem somos nós no mundo? Não somos nós, pessoas ao mesmo tempo semelhantes e diferentes umas das outras? Não temos nós diferentes etnias, cores, gêneros, orientações sexuais, idades, culturas, condições socioeconômicas e posicionamentos? Sim, a humanidade é plural, sempre foi. Então, por que ainda hoje a sociedade, em especial, as empresas encontram dificuldades para estabelecer um ambiente laboral inclusivo? Quais seriam as iniciativas necessárias a serem tomadas por parte das empresas para a construção de um ambiente de trabalho mais inclusivo? Neste texto, sugerimos algumas ideias para que todos e todas nós tenhamos um ambiente de trabalho que reconheça e valorize a pluralidade.

Qual é a importância da diversidade e da inclusão?

Para começar, queremos chamar a sua atenção para alguns questionamentos. Pense nessas situações que vamos apresentar agora:

  • Quantas mulheres possuem cargos de liderança em seu ambiente de trabalho?
  • Quantas são as pessoas com deficiência?
  • Quantas são as pessoas negras que possuem cargos de liderança, ou ainda, que trabalham com você?
  • No seu ambiente de trabalho, quantas pessoas LGBTQIA+ ocupam cargos de gestores?

Agora, queremos saber: você conhece o termo diversidade? Saberia explicar o que é inclusão? E por que saber esses conceitos e falar sobre eles é importante? 

É por meio da diversidade, ou seja, da reunião de várias características que um indivíduo é considerado único. Essas características, particularidades, trazem inúmeras contribuições para o mundo. No âmbito das empresas não é diferente, os vários pontos de vista quando unidos, podem trazer muitos benefícios.

A inclusão é o acolhimento, a valorização e o respeito pelas características que cada indivíduo apresenta, é fazer com que esse indivíduo faça parte de um lugar que deveria ter feito, desde sempre, sem que se sinta oprimido ou desprezado.

Nós falamos mais sobre esses dois conceitos no artigo O que Diversidade e Inclusão tem a ver com Direitos Humanos?

Você sabia que:

  • Mulheres ganham 20,5% menos do que homens (IBGE, 2018);
  • Mulheres trabalham em média 7,5 horas a mais que os homens por semana, devido à dupla jornada, que inclui trabalho doméstico e remunerado (Ipea, 2015);
  • Mulheres negras ocupam menos de 1% dos cargos de alta liderança nas empresas (IBGE, 2018);
  • A diferença salarial entre profissionais brancos e negros no Brasil é de 45% (Pnad, 2019);
  • No mercado de trabalho formal, pessoas com deficiência representam apenas 1% do total de carteiras assinadas no Brasil (Rais, 2016);
  • 35% de profissionais LGBTQIA+ já sofreram discriminação no ambiente de trabalho (Linkedin, 2019).

A partir desses dados, conseguimos observar o quanto é relevante tratarmos do tema inclusão, tendo em vista o nível de desigualdade e discriminação que ainda existe no Brasil.

A diversidade e a inclusão, além de gerar efeitos importantes na sociedade, favorecem as empresas no que diz respeito à criatividade, inovação e lucratividade, dentre outros.

Um estudo realizado pela consultoria Mckinsey em 2019, em 15 países e mais de 1.000 grandes empresas, mostra que as empresas com maior diversidade de gênero em suas equipes executivas possuem 25% de chance a mais de ter lucratividade acima da média. Já com relação à representatividade, as empresas com mais de 30% de mulheres executivas têm maior probabilidade de apresentarem um desempenho melhor do que aquelas cujo percentual está abaixo dos 30%. No caso da diversidade étnica e cultural, algumas empresas lucraram 36% a mais do que nos anos anteriores. 

Portanto, um ambiente de trabalho inclusivo é importante, pois além de trazer diversas vantagens para as empresas que adotam as medidas necessárias para esse fim, também impacta positivamente toda a sociedade, com a efetivação dos direitos humanos, tornando-a mais justa e plural. 

Como construir um ambiente de trabalho inclusivo?

Muitas são as medidas que podem ser tomadas pelas empresas para que o ambiente de trabalho seja inclusivo. Aqui, não falamos apenas em adotar medidas como contratar mais pessoas dos variados grupos de diversidade. 

As empresas precisam com urgência elaborar programas de inclusão, realizando pesquisas internas em seus setores, a fim de entender qual é o nível de conscientização dos colaboradores.

É preciso capacitar as pessoas que estão e fazem parte do ambiente de trabalho, para que não reproduzam preconceitos e violências, dentro das mais variadas funções, sejam executivas, gerenciais, técnicas e de conselhos, e também para que haja representatividade em todos os setores.

Outra iniciativa importante é a promoção de reuniões, rodas de conversa e treinamentos para suas equipes, tratando sobre a relevância do tema, a fim de propagar boas práticas de convivência entre os profissionais.

Também é fundamental que as empresas garantam condições equitativas de promoção e oportunidade, implantando ferramentas para mostrar que tais processos possuem critérios transparentes e justos.

A implantação de política de tolerância zero para comportamento discriminatório também é uma medida importante. Assim como o estabelecimento de um ambiente acolhedor e aberto para os profissionais, para que se sintam valorizados e ajudados diante de possíveis problemas decorrentes de discriminação.

Outra sugestão é a realização de pesquisas internas acerca da diversidade e inclusão, a fim de se avaliarem todos os aspectos relacionados ao tema, bem como o crescimento da diversidade nas empresas. E também o estabelecimento de comunicação interna para reforçar a inclusão, como: caixa de sugestões, canal de ouvidoria, apuração de denúncias para punir práticas como: bullying, agressões, assédio moral, assédio sexual, difamação. Além da criação de métricas para monitorar o avanço dessas iniciativas, buscando sempre aprimorá-las.

Essas são algumas medidas que podem ajudar na construção de um ambiente de trabalho inclusivo.

O que esperar do futuro?

O futuro não é incerto, muito pelo contrário. As empresas que adotarem medidas efetivas voltadas à diversidade e inclusão terão ainda mais possibilidades de crescimento, vantagem competitiva e lucratividade. 

O futuro é agora, esse é o momento para que as empresas fortaleçam o seu compromisso com a inclusão, a fim de que os efeitos dessa escolha possam gerar frutos para si e para a sociedade. 

Compreendeu a importância da diversidade e inclusão no ambiente de trabalho e quer construir um ambiente de trabalho inclusivo? O Instituto Aurora presta serviços para empresas, como consultoria em promoção de diversidade.

Algumas referências que usamos nesse texto:

Inclusão e diversidade. Acesso em: 30/03/2021.

Diversidade e Inclusão nas empresas: importância, desafios e benefícios. Acesso em: 30/03/2021.

Diversity wins: How inclusion matters. Acesso em: 30/03/2021.

Líderes negros são menos de 30% nas empresas brasileiras. Acesso em: 31/03/2021.

A Importância da Diversidade nas Empresas. Acesso em: 30/03/2021.

Diferença cai em sete anos, mas mulheres ainda ganham 20,5% menos que homens. Acesso em: 30/03/2021 

Estudo mostra desigualdades de gênero e raça no Brasil em 20 anos. Acesso em: 31/03/2021 

Pessoas com deficiência ocupam 1% das vagas de emprego formal no Brasil. Acesso em: 31/03/2021.

Metade dos profissionais LGBT assumiu orientação sexual no trabalho. Acesso em: 31/03/2021.

(Foto: Carol Castanho)

Pontes ou muros: o que você têm construído?
Em um mundo de desconstrução, sejamos construtores. Essa ideia foi determinante para o surgimento do Instituto Aurora e por isso compartilhamos essa mensagem. Em uma mescla de história de vida e interação com o grupo, são apresentados os princípios da comunicação não-violenta e da possibilidade de sermos empáticos, culminando em um ato simbólico de uma construção coletiva.
Pontes ou muros: o que você têm construído?
Em um mundo de desconstrução, sejamos construtores. Essa ideia foi determinante para o surgimento do Instituto Aurora e por isso compartilhamos essa mensagem. Em uma mescla de história de vida e interação com o grupo, são apresentados os princípios da comunicação não-violenta e da possibilidade de sermos empáticos, culminando em um ato simbólico de uma construção coletiva.
Quem é você na Década da Ação?
Sabemos que precisamos agir no presente para viver em um mundo melhor amanhã. Mas, afinal, o que é esse mundo melhor? É possível construí-lo? Quem fará isso? De forma dinâmica e interativa, os participantes serão instigados a pensar em seu sistema de crenças e a vivenciarem o conceito de justiça social. Cada pessoa poderá reconhecer suas potencialidades e assumir a sua autorresponsabilidade.
Quem é você na Década da Ação?
Sabemos que precisamos agir no presente para viver em um mundo melhor amanhã. Mas, afinal, o que é esse mundo melhor? É possível construí-lo? Quem fará isso? De forma dinâmica e interativa, os participantes serão instigados a pensar em seu sistema de crenças e a vivenciarem o conceito de justiça social. Cada pessoa poderá reconhecer suas potencialidades e assumir a sua autorresponsabilidade.
A vitória é de quem?
Nessa palestra permeada pela visão de mundo delas, proporcionamos um espaço para dissipar o medo sobre palavras como: feminismo, empoderamento feminino e igualdade de gênero. Nosso objetivo é mostrar o quanto esses termos estão associados a grandes avanços que tivemos e ainda podemos ter - em um mundo em que todas as pessoas ganhem.
A vitória é de quem?
Nessa palestra permeada pela visão de mundo delas, proporcionamos um espaço para dissipar o medo sobre palavras como: feminismo, empoderamento feminino e igualdade de gênero. Nosso objetivo é mostrar o quanto esses termos estão associados a grandes avanços que tivemos e ainda podemos ter - em um mundo em que todas as pessoas ganhem.
Liberdade de pensamento: você tem?
As projeções para o século XXI apontam para o exponencial crescimento da inteligência artificial e da sua presença em nosso dia a dia. Você já se perguntou o que as máquinas têm aprendido sobre a humanidade e a vida em sociedade? E como isso volta para nós, impactando a forma como lemos o mundo? É tempo de discutir que tipo de dados têm servido de alimento para os robôs porque isso já tem influenciado o futuro que estamos construindo.
Liberdade de pensamento: você tem?
As projeções para o século XXI apontam para o exponencial crescimento da inteligência artificial e da sua presença em nosso dia a dia. Você já se perguntou o que as máquinas têm aprendido sobre a humanidade e a vida em sociedade? E como isso volta para nós, impactando a forma como lemos o mundo? É tempo de discutir que tipo de dados têm servido de alimento para os robôs porque isso já tem influenciado o futuro que estamos construindo.
Formações customizadas
Nossas formações abordam temas relacionados à compreensão de direitos humanos de forma interdisciplinar, aplicada ao dia a dia das pessoas - sejam elas de quaisquer áreas de atuação - e ajustadas às necessidades de quem opta por esse serviço.
Formações customizadas
Nossas formações abordam temas relacionados à compreensão de direitos humanos de forma interdisciplinar, aplicada ao dia a dia das pessoas - sejam elas de quaisquer áreas de atuação - e ajustadas às necessidades de quem opta por esse serviço.
Consultoria em promoção de diversidade
Temos percebido um movimento positivo de criação de comitês de diversidade nas instituições. Com a consultoria, podemos traçar juntos a criação desses espaços de diálogo e definir estratégias de como fortalecer uma cultura de garantia de direitos humanos.
Consultoria em promoção de diversidade
Temos percebido um movimento positivo de criação de comitês de diversidade nas instituições. Com a consultoria, podemos traçar juntos a criação desses espaços de diálogo e definir estratégias de como fortalecer uma cultura de garantia de direitos humanos.
Minha empresa quer doar
Minha empresa quer doar